Não é todo sábado que sua mãe avisa que você saiu no jornal. Abri o aplicativo do Notícias do Dia e lá estava a nota que destaca meu trabalho de caligrafia. O texto vem acompanhado da reprodução de uma obra da qual gosto muito, juntamente com retrato tirado por Carol Grilo.

Bem acompanhado ao lado do ready-made Cadeau, do dadaísta Man Ray

O artigo foi publicado na coluna Mosaico, raro espaço de crítica de artes visuais na imprensa catarinense, mantido pela jornalista e produtora cultural Néri Pedroso. Ela abre o texto citando meus pais, que hoje se dedicam à gravura

Filho de peixe, peixinho é. Ivan Jerônimo, cujos pais são os artistas Julia Iguti e Antônio Silva, dedica-se à caligrafia ocidental, com abordagens tradicionais e contemporâneas. 

Mais adiante, a jornalista escreve sobre a Faferia DNA de Arte, que representa trabalhos meus, e avisa da oficina Caligrafia Livre que dou lá. 

 A nota saiu no caderno Plural na edição de fim de semana de 22 e 23 de julho.