Me dedico à caligrafia ocidental, misturando abordagens tradicionais e contemporâneas com nanquim, guache, aquarela e outros materiais.

Tive meu primeiro contato com a caligrafia em 2000, quando trabalhei em um estúdio de design gráfico no Japão. De volta a Florianópolis, sem professores, me afastei da caligrafia japonesa, ao menos por um tempo. A ocidental veio mais recentemente através de livros, prática e experimentação, que me levaram ao trabalho que desenvolvo hoje.

No final do de 2014, expus uma seleção de obras no Coffee & Shop 18, em Florianópolis, e já participei de quatro feiras de arte e design. Paralelamente, dou cursos de caligrafia e lettering.

Em junho de 2016, botei em prática uma ideia antiga: a de promover um um encontro informal de calígrafos, type designers e letristas. Foi assim que surgiu o Café com Serifa, que acontece mais ou menos a cada dois meses.

Me formei em jornalismo pela UFSC e trabalho como designer de interfaces na Fundação Certi. Tenho background em pintura e ilustração: frequentei as oficinas de arte de Rui Kronbauer, Annete Keys e Mara Santos, todas no Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis. Participei de três exposições coletivas de pinturas e desenhos no Espaço Oficinas do CIC.